7 Dicas para poupar em viagem

publicado em Dicas, Economizar, Poupança 0

Ouvimos muitas vezes que viajar é caro, mas é possível reduzir os custos através das nossas dicas para poupar em viagem.

As vezes dizem-nos que gastam muito dinheiro na viagem ou que durante a viagem não se deve olhar a custos.

No entanto, não pensamos dessa forma, é verdade que para viajar é preciso dinheiro, mas podemos controlar os custos, não é porque o fazemos que a viagem vai ser má, muito pelo contrário.

Deixo em baixo, algumas dicas que podem usar para poupar, mas que a viagem vai continuar maravilhosa.

Dicas para poupar em viagem

1. Andar a pé

Se optar por andar a pé, principalmente em cidades ou vilas, irá poupar dinheiro com transportes ou combustível/aluguer de carro.

Para além que em zonas urbanas, é a melhor forma de conhecer as cidades.

Quando visitamos cidades, andamos sempre muito a pé, já sabemos que temos de estar preparados para isso, por isso levamos calçado confortável e água.

Em Florença, por exemplo, nunca usamos transportes, fizemos tudo a pé.

Munique, a caminho do Outuberfest

2. Poupar em água

Sabemos que a água em cafés e restaurantes é sempre mais cara, pelo que optamos por comprar água em supermercados para bebermos durante o dia.

Se estiver a viajar num local com água potável na rede pública e se gostar da água, pode optar por levar a sua garrafa e encher nas torneiras do hotel ou em fontes existentes pela cidade (em Roma existem várias).

Existem países que nos restaurantes é fornecida água da torneira gratuitamente, na mesa, em França, por exemplo, é comum.

Dicas para poupar em viagem
A melhor água de Malta

3. Fazer compras em supermercados

Se fizer algumas compras em supermercados no local vai poupar muito dinheiro, mesmo que não faça intenções de cozinhar, pode ir ao supermercado comprar água e pequenos lanches.

Procuramos junto ao nosso hotel um supermercado ou mini-mercado onde possamos fazer essas compras, e não perder muito tempo.

Compramos sempre água e alguns snacks para lanches durante o dia e para a noite (se ficarmos com fome, temos sempre o que comer).

Além disso, gostamos de distinguir dos produtos e preços nos supermercados dos diferentes países.

4. Menu do dia

Em alguns países na hora do almoço oferecem o menu do dia, que é uma refeição pré-definida por um preço mais baixo.

Em Portugal já estamos familiarizados com este termo, mas não é apenas em Portugal que há este tipo de refeição.

Por exemplo, em Espanha ou em Itália também encontramos o Menu do Dia, o que é optimo para provar a gastronomia local por um preço baixo.

Dica extra: aproveitamos essa ida ao restaurante, para usar a casa de banho, assim não precisamos de pagar posteriormente para usar.

Dicas para poupar em viagem
Paella no menu do dia em Espanha

5. Usar o cartão Revolut

É muito chato quando vamos ao multibanco no estrangeiro e vemos que temos de pagar uma taxa para levantar dinheiro, para evitar esse custo e para ter custos mais baixos de câmbio usamos o Cartão Revolut.

Basta transferi o dinheiro que precisa de usar antes da viagem ou durante, para este cartão, e depois é só usar.

Usamos tanto para pagamentos com o cartão, como para levantamentos de dinheiro (pois dá sempre jeito ter algum dinheiro físico).

Dica extra: se usar o cartão para pagar todas as suas despesas da viagem, consegue ter uma noção melhor dos gastos na própria viagem.

Dicas para poupar em viagem
Florim — a moeda húngara

6. Evitar restaurantes das áreas turísticas ou optar comidas de rua

Não é preciso ir para uma zona residencial, as vezes basta optar por um restaurante numa rua secundária, em vez de comer na rua principal para poupar dinheiro e comer melhor.

Em Veneza, sendo uma cidade cara, conseguimos comer com bons preços usando esta técnica, pois existem tantas ruelas onde conseguimos comer bem e barato.

Em algumas cidades, optar pela comida de rua é uma opção saborosa e barata, como os quadrados de pizza a venda por toda a Itália ou Curry a venda em Berlim.

Dicas para poupar em viagem

7. Usar passes

Existem diversos passes nas cidades que vale a pena fazer as contas e verificar se valem a pena.

Na nossa experiência, muitas vezes compensa adquirir passes de transportes, blocos de bilhetes, passes de monumentos ou os 2 juntos.

No entanto, analisamos sempre as opções oferecidos, por vezes não adquirimos determinado passe porque não compensava.

Tram em Berlim

Dica Extra: Entradas gratuitas

Veja se os monumentos e museus que quer visitar tem dias ou horas com entrada gratuita e organize o seu roteiro para aproveitar.

Por exemplo, os museus públicos de Londres tem sempre a entrada gratuita, o Museu do Prado em Madrid é gratuito a partir das 18h, a cúpula do Parlamento Alemão, em Berlim, tem entrada gratuita mediante marcação previa, os museus e monumentos em Portugal sob a tutela da DGPC tem entrada gratuita aos domingos e feriados para todos os cidadãos residentes em território nacional.

Dicas para poupar em viagem
Veja também: 7 dicas de como poupar dinheiro para viajar

O que precisa para preparar a sua viagem

Prepare a sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Não paga mais nada por isso e ajuda o blog a continuar produzir conteúdo.

Contém links afiliados que só recomendamos porque utilizamos os serviços e confiamos.

Follow Lu:
Sou Geógrafa e vivo em Lisboa. Viajar é uma Paixão, adoro conhecer locais novos, a sua gastronomia, as suas gentes e a sua cultura. Gosto de tudo relacionado com viagens, adoro planear as minhas viagens.
Latest posts from

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Junte-se a mais de 1000 viajantes e receba a nossa newsletter no seu email com as novidades do blog.