Paris – Dia 2 – Centro Pompidou

Utilizando o Paris Museum Pass de 4 dias.
 
Fachada Centro Pompidou
Regressamos a Paris, como continuava a chover e já estávamos no final da tarde, optamos por ir ao Centro Pompidou.

Queria ir ao Centro Pompidou, pois é considerado um dos melhores museus de arte de moderna.
No entanto, descobri que a arte moderna não é a minha arte favorita.

Picasso
As únicas peças que gostei, foram os 2 ou 3 Picassos que encontrei.

E descobri que a vista no topo do Centro Pompidou não é assim tão boa, principalmente em dia de chuva.

Vista Pompidou
Se soubesse o que sei hoje não teria gasto o meu tempo no Centro Pompidou.

Praça ao pé do Centro Pompidou que aparece no filme Sabrina

Aproveitamos por ir jantar ao Flunch, que ficava mesmo ao lado do Pompidou.
Tinhamos lido bem sobre o restaurante e resolvemos ir.
Trata-se de um restaurante self service barato, mas com um funcionamento um pouco diferente dos nossos self services, e os empregados apesar de solícitos não falam inglês.

Funcionamento do Flunch: Escolhe-se primeiro se se quer alguma salada, entrada, sobremesa e bebida e escolhe-se que tipo de carne ou peixe se quer (fazem grelhados no momento) .
Paga-se e só depois nos servimos dos acompanhamentos.

Comemos 2 pratos de comida caseira com 2 refrigerantes por 15€, o que é algo impossível em outro restaurante francês.
Considero uma óptima relação qualidade-preço, gostamos tanto que jantamos lá num outro dia.

One thought on “Paris – Dia 2 – Centro Pompidou

Deixar uma resposta