Roteiro de 1 dia em Frankfurt ou uma escala longa

Foi a nossa segunda escala em Frankfurt que conseguimos ver a cidade, na primeira não tivemos tempo para sair, pelo que atrasei a viagem seguinte de modo a conhecer.

Em algumas viagens, pode inclusive fazer “stop over” (passar 1 ou 2 noites numa cidade, sem pagar mais a companhia aérea), mas não foi o nosso caso.

A cidade não é muito grande para visitar, pelo que um dia é o suficiente, se não quiser entrar em museus.

Frankfurt
Estação Hauptbahnhof

Roteiro Frankfurt

Chegamos do aeroporto pela estação de comboios Hauptbahnhof, que é a principal da cidade. Aproveitamos para comer logo ali algo rápido para não perdermos muito tempo.

Seguimos pela rua Kaiserstr, onde encontra “lembrancinhas” a um bom preço. Geralmente vemos os preços médios das lojas, e a que virmos com bom preço compramos, neste caso, só compramos no regresso.

Innenstadt

É a zona financeira e comercial da cidade.

No final da rua Kaiserstr vê uma zona verde, Gallusanlage, onde se encontra o antigo edifício do Banco Central Europeu e a escultura com o símbolo do Euro €.

O Banco Central Europeu continua a ter sede em Frankfurt, mas tem novas instalações um pouco mais afastadas do centro da cidade.

Frankfurt
Escultura do Euro

Se tiver tempo, aproveite para visitar as instalações do Banco Central Europeu, no bairro de Ostend. Existem visitas guiadas gratuitas, que duram cerca de 90 min, mas tem de ser reservadas antecipadamente através do e-mail [email protected]

Mais informações sobre as visitas ao Banco Central Europeu.

No outro lado da rua as antigas instalações do Banco Central Europeu encontra-se o edifício da Ópera de Frankfurt, que teve de ser reconstruido após a Segunda Guerra Mundial, para isso optaram pelo estilo moderno.

Frankfurt é uma cidade que demonstra bem o contraste entre o antigo e o novo. De um lado temos um prédio moderno e alto, do outro temos um edifício antigo e baixo.

Frankfurt

Seguimos pela Willy-Brandt-Platz e pela rua Weissalergasse onde encontramos, o instituto FÜR Stadtgeschichte, que tem uma exposição patente da Clara Schumann até ao final de janeiro 2020.

Chegamos a Igreja de St. Leonhardskirche, neste ponto já é possível ver o rio Meno (Main), que divide a cidade.

Sachsenhausen

Passamos a Ponte de Ferro ou Eiserner Steg até a parte sul do rio Meno (Main), esta é a ponte de cadeados de Frankfurt.

A ponte foi construida em 1868, após o descontentamento da população, uma vez que só existia uma ponte para ligar as duas margens e era muito distante desta.

Frankfurt
Ponte de Ferro

Nesta zona da cidade é onde se encontram vários museus:

O Museu Städel, que é uma Galeria de arte, com quadros de grandes mestres Europeus: Rembrandt, Picasso, Cézanne, Renoir entre outros. A entrada custa 16€.

Liebieghaus, é um museu de escultura que fica num edifício histórico. Contem esculturas Gregas, Egípcias, Romanas, entre outras. A entrada custa 10€.

Frankfurt

O Museu de Arquitetura Alemão contém 3 exposições temporárias, a entrada custa 9€

Há também um Museu de Cinema Alemão, que tem conta a história do cinema. A entrada custa 7€.

Se visitar mais do que um museu, pode compensar adquiri o Frankfurt Pass, que dá desconto de 50% nos museus.

Dica: Se tiver mais dias na cidade ou visite em outra escala, não deixe de visitar pelo menos um destes museus.

Nós apenas tivemos tempo de visitar a igreja Evangélica de Dreikönigskirche. Nunca tínhamos entrado numa igreja Luterana antes, pelo que foi uma experiência diferente. A entrada é gratuita.

É parecida com as igrejas católicas, mas despida de símbolos, o que a torna simples e bonita.

Do Lado sul do rio Meno (Main) é possível ver os contrastes entre a zona nova e a antiga da cidade, lado a lado.

Se tiver tempo aproveite para fazer um passeio de barco pelo rio Meno (Main) e ver a cidade de outra perspetiva, por 9.90 € cerca de uma hora, ou 12,90 € por hora e meia.

Frankfurt main
Rio Meno (Main)

Altstadt

Passamos a ponte Brickegickel, até ao centro histórico de Frankfurt.

No meio do rio Meno (Main) encontra-se uma ilhota com vegetação, que não é possível visitar, mas é facilmente visível quando passamos pela ponte Brickegickel.

Catedral de Frankfurt (Kaiserdom)

Começamos pela Catedral de Frankfurt (Kaiserdom), que oficialmente é a Catedral Imperial de São Bartolomeu.

A Catedral foi construida com pedra vermelha, que é algo incomum ver numa igreja. A sua construção data do século XV, e teve de ser reconstruida 2 vezes, uma devido a um fogo e outra devido aos ataques na Segunda Guerra Mundial.

Frankfurt
Catedral

A torre tem 328 degraus e foi construida em estilo gótico. Ainda inclui um museu com as relíquias da Catedral.

A entrada da Igreja é gratuita, a visita à torre custa 3€ e o museu 4€.

Praça Römerberg

Seguimos para o cartão postal de Frankfurt, que é a praça Römerberg, que esta rodeada de edifícios medievais.

No centro da praça encontra-se a Fonte da justiça (Gerechtigkeitsbrunnen), mas o edifico principal é a antiga Câmara Municipal (Römer).

Se for na altura do Natal, aproveite para visitar o mercado de Natal que se realiza nesta praça.

Frankfurt
Romer

Daqui seguimos em direção a Igreja de São Paulo (Paulskirche), que é uma antiga Igreja Luterana, terminada em 1833, construida com tijolos vermelhos.

Na Segunda Guerra Mundial, a Igreja foi totalmente destruída, sendo reconstruida posteriormente, mas tomou novas funções, como o Parlamento de Frankfurt.

Hoje em dia, funciona como lugar de exposições e eventos, tendo ocasionalmente alguma celebração religiosa.

Frankfurt
Igreja de São Paulo (Paulskirche)

Continuamos o passeio pelas ruas de Frankfurt, desta vez em direção a Igreja de Católica da Nossa Senhora (Liebfrauenkirche). Foi construida gradualmente entre os séculos XIV e XVI.

Ali ao pé encontra-se uma importante rua comercial de Frankfurt, Zeil. Trata-se de uma rua pedestre rodeada de árvores, o que torna a rua mais agradável.

Frankfurt Zeil
Zeil

Continuamos o passeio em direção a Igreja Luterana de Santa Catarina (Katharinenkirche), que se encontra na famosa praça de “Hauptwache”.

A Igreja foi construida em 1681 em estilo barroco, mas também foi destruída na Segunda Guerra Mundial, como grande parte da Cidade de Frankfurt. Foi reconstruida em meados dos anos 50’s..

A sua frente encontra-se o café Alemão “Hauptwache”

Frankfurt
Katharinenkirche

Daqui seguimos pela Grobe Eschenheimer, até ao “Eschenheimer Turm”. Trata-se de uma das antigas portas da cidade de Frankfurt, que data do século XV.

Fazia parte da muralha medieval da cidade, e é formada com uma torre. Hoje em dia, é um restaurante e um café.

Apanhamos o metro desde estação Eschenheimer Tor até Willy Brandt Platz, onde se encontra a escultura do Euro.

Regressamos pela mesma rua que chegamos até a estação de Hauptbahnhof, e aproveitamos para comprar as lembranças, onde tínhamos visto mais em conta.

Frankfurt
“Eschenheimer Turm

Transportes

Há comboio desde do aeroporto para o centro da cidade, depois pode apanhar o metro ou o elétrico (trem) se quiser uma zona específica.

Optamos por sair na estação principal de Hauptbahnhof e continuar o percurso a pé.

A forma mais barata de ir e vir do aeroporto no mesmo dia e andar de transportes na cidade é o bilhete diário. O bilhete diário individual custa 9,10€, no entanto, há um bilhete para até 5 pessoas que custa apenas 15,80€. Se forem 2 ou mais pessoas compensa mais o bilhete diário coletivo.

Como é habitual na Alemanha, não há torniquetes nas estações, mas podem existir verificações e as multas são altas, por isso não tente viajar sem bilhete.

Frankfurt
Metro Frankfurt

Onde dormir

Apesar de não termos ficado alojados na cidade destacamos alguns hotéis, que optaríamos, caso ficássemos a dormir na cidade:

Guia de Viagem

Como sabem gostamos sempre de ter um guia em papel, anteriormente comprava os guias em Português, mas é uma pena não serem atualizados regularmente.

Temos optado pelos guias da Lonely Planet, que estão sempre a ser atualizados e tem mais opções de destinos. No entanto, os guias são a inglês, pelo que só valem a pena se conseguir ler em inglês.

Não havia um guia exclusivo de Frankfurt, e como já tinha outros guias relativos a visitas anteriores a Alemanha, optamos por comprar apenas o capítulo de Frankfurt.

No site da Lonely Planet tem a opção de compra por capitulos dos diversos guias, por 3,5 € cada capitulo, as vezes ficam por 2,10 €. Fica disponível em PDF, na app para telemóvel ou tablet, kindle ou pode imprimir em “livrete”, por exemplo.

Frankfurt
Voo na Lufthansa

Veja também: Como é voar de Luftansa. Adoramos a companhia aérea, é a melhor com que já voamos, esta foi a segunda viagem que viajamos por ela.

O que precisa para preparar a sua viagem:

Prepare a sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Não paga nada à mais por isso e ajuda o blog a continuar produzir conteúdo.

Follow Lu:
Sou Geógrafa e vivo em Lisboa. Viajar é uma Paixão, adoro conhecer locais novos, a sua gastronomia, as suas gentes e a sua cultura. Gosto de tudo relacionado com viagens, adoro planear as minhas viagens.
Latest posts from

2 Responses

  1. […] Veja também: Roteiro de 1 dia em Frankfurt […]

  2. […] Frankfurt Viagem a Frankfurt […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *