Mora e Parque Ecológico do Gameiro

mora

Após sairmos do Fluviário de Mora, seguimos à pé, em direção a Albufeira do Gameiro.

Nesta zona pode-se aproveitar zonas verdes e o rio, uma vez que se trata de um complexo com mais valências, onde esta incluído o Fluviário. Trata-se do Parque Ecológico do Gameiro.

Para além do Fluviário, o Parque Ecológico do Gameiro inclui um parque de campismo, parque de pic-nic, parque infantil, anfiteatro, praia fluvial, centro de interpretação ambiental, campo de jogos, bar e o que eu mais gostei do Passeio Fluvial.

Por isso, trata-se de um espaço que pode aproveitar durante um dia inteiro, ou onde pode dormir.

O Passeio fluvial é feito inicialmente por um passadiço em Madeira e depois por um trilho.

No final passadiço em madeira existe um posto de observação.
O percurso compreende uma parte da Zona Ribeirinha e uma outra da Zona de Montado.
O percurso do passadiço em madeira tem 1500m, zona do trilho pela zona ribeirinha são 1430m, e a zona do Montado tem 2570m. Perfazendo um total de 5500m.
Ao fazer o percurso completo, regressa quase ao ponto de partida do percurso, não precisando de fazer o caminho de regresso pelo mesmo caminho.

Ao longo do caminho existem placas informativas sobre a fauna e flor do local.

mora

Infelizmente não conhecíamos o percurso do Gameiro e não fomos preparados para o fazer.
Pelo que fizemos apenas metade do passadiço em madeira.

No entanto, parecer ser um percurso muito giro para fazer caminhadas ou passear de bicicleta.
Pelo que pretendemos ir lá outra vez e fazer o percurso completo.

Por isso, se pretendem ir ao Fluviário de Mora e se puderem, vão preparados e façam o percurso.

Dica: Na receção do Fluviário existe um panfleto do Percurso do Gameiro, aproveitem para o levarem para ajudar no percurso.

mora

Após o nosso pequeno percurso, seguimos para a pequena barragem lá existente.

Como já eram horas de almoço, voltamos para o carro e fomos almoçar a Mora.

Primeiro pensamos em ir almoçar no Restaurante Afonso (que está em 1º lugar no Tripadvisor), no entanto, estava de férias (em pleno Março), pelo que decidimos almoçar no Restaurante O António (que na altura estava na 2ª posição no Tripadvisor).

O Restaurante o António revelou-se numa boa opção, comida simples, mas boa, serviço rápido, ambiente familiar e um preço acessível.
Num Almoço de domingo o restaurante estava cheio. O único senão é que se trata de um espaço antigo que precisa de algumas obras de manutenção e atualização.

Depois demos uma volta no centro da vila de Mora, onde paramos num dos cafés centrais para tomar um cafezinho.

A Zona mais central de Mora é zona da Praça Conselheiro Fernando de Sousa, onde estão a Igreja Matriz e a Torre do Relógio.
É uma zona de trânsito condicionado que conta com um café com esplanada e uma fonte.

Veja também, a visita ao Fluviario de Mora. E os outros nossos artigos do Alentejo.

O que precisa para preparar a sua viagem:

Prepare a sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Não paga nada à mais por isso e ajuda o blogue a continuar produzir conteúdo.

  • Encontre o seu o hotel no Booking, é por onde reservamos.
  • Alugue carro através da RentalCars, é o serviço que utilizamos sempre que precisamos de alugar.
  • Faça o seu seguro de viagem através da IATI seguros, e tenha 5% de desconto através do link, é onde fazemos os nossos seguros.
  • Encontre os melhores voos na Momondo, é onde procuramos.
Follow Lu:
Sou Geógrafa e vivo em Lisboa. Viajar é uma Paixão, adoro conhecer locais novos, a sua gastronomia, as suas gentes e a sua cultura. Gosto de tudo relacionado com viagens, adoro planear as minhas viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *