Gerês – Dia 2 – S. Bento da Porta Aberta e Vila do Gerês

Começamos o dia com a belíssima vista do nosso hotel. Nessa manhã o rio caldo estava coberto com uma lindíssima neblina.

Após ao óptimo pequeno-almoço no hotel, visitamos o Santuário de São Bento da Porta Aberta, que ficava mesmo em frente ao nosso hotel.

O Santo pode ser visitado na parte de traz do altar, onde há uma entrada exterior, mesmo durante a missa.

Junto ao Santuário encontra-se uma área de piquenique.

Vila do Gerês

Daqui seguimos de carro até a vila do Gerês.

Na vila, estacionamos junto ao Posto de Turismo, no qual fomos buscar um mapa do Gerês, que é gratuito e dá muito jeito.

Começamos a subir.

Logo ao inicio encontramos um parque de piquenique.

Durante toda a subida só víamos e ouvíamos água a escorrer por todos os lados.

Rio Homem

Acreditamos que durante o Verão muitos desses riachos nem existam, pois muitos dos que encontramos nem identificados estavam.

A Fronteira

Estivemos junto a Cascata da Portela do Homem contudo não a encontramos.
Estivemos junto a fronteira, vimos carros estacionados mas não haviam indicações e não sabíamos por onde ir.
Se a alguém já lá esteve e quiser explicar como se chega a Cascata, por favor indiquem nos comentários, que agradeço.

Encontramos marcos milenares, que indicam a via romana (Geira), que liga as antigas cidades romanas de “Bracara Augusta” a “Asturica Augusta”.

Voltamos a descer a serra até a vila do Gerês.

Na descida encontramos diversas cascatas, riachos, miradouros.

Voltamos a vila do Gerês, onde almoçamos.

Deixar uma resposta