Roteiro de 4 dias na Madeira

posted in: Madeira, Portugal, Roteiros | 1

Em Junho de 2016 fomos de viagem a ilha da Madeira. Foram 4 dias de viagem, nos quais decidimos alugar carro desde do aeroporto.

Roteiro de 4 dias na Madeira

Dia 1 – Domingo

Chegamos logo de manhã, pelas 9:00, mas como tínhamos reserva do carro só as 9:30 tivemos de esperar, pois ainda não tinha chegado quem nos ia entregar o carro.

Depois de tratar da papelada, seguimos em direcção ao hotel, não sabíamos se conseguíamos entrar logo, mas pelo menos as malas queríamos lá deixar. Quando chegamos às imediações da residencial que tínhamos reservado no Lido, descobrimos que afinal não tinham parque de estacionamento como indicado.

Lá fui com as malas, enquanto ele procurava onde estacionar, mas não estava fácil. Lá consegui fazer check in e deixar rapidamente as malas no quarto, e voltar para o carro, uma vez que ele não tinha conseguido encontrar lugar.

Como havia havia tempo antes do almoço, seguimos da Residencial para Câmara de Lobos

De seguida dirigimo-nos ao Restaurante Santo António, no Estreito da Câmara de Lobos, para experimentar a famosa espetada em pau de louro, e como entrada o Bolo do Caco com manteiga e Alho, e sobremesa o pudim de maracujá. Mas quando chegamos ainda não estavam abertos, ainda tivemos de esperar uns 10mins, mas valeu a pena, o restaurante é muito bom, recomendo.

Depois do almoço seguimos caminho até ao Miradouro do Cabo Girão

De seguida passamos na Ribeira Brava.

Fomos experimentar a famosa Poncha da Serra d’Água, não foi fácil de encontrar pois no GPS estava no sitio errado, mas depois descobrimos que tínhamos passado por ela e nem tínhamos visto.

Estávamos na dúvida se íamos visitar as Grutas de São Vicente, mas resolvemos visitar, na zona exterior encontra-se um bonito jardim, mas as grutas não deslumbram, pois são túneis construídos pela lava do Vulcão e não de origem calcaria como as que existem em Portugal Continental, que faz com que sejam bem mais bonitas.

Nas grutas esta frio e pode cair água do tecto, pelo que é recomendado um casaco e sapatos imprevisíveis.

Das Grutas seguimos caminho até as famosas Casas de Santana, não são muitas casas e são fáceis de encontrar, mas são muito giras e gratuitas, pelo que vale a pena a visita.

Algumas das casas vendem artigos locais.

Já no final do dia passamos pelo Pico do Areeiro, o meu guia dizia para lá passar depois das 17h devido a neblina e foi o que fizemos. Adoramos o Pico, não é tão turístico mas muito giro, vale a pena a visita.

Dia 2 – Segunda-feira

No segundo dia começamos pelo Miradouro da Eira do Serrado, onde vimos o famoso Curral das Freiras.

Daqui seguimos até à Ponta do Sol, e visitamos a Praia da Calheta.

Visitamos também a Ponta do Pargo e Porto Moniz.

E vimos a queda de água “Véu de Noiva”.

Visitamos Ponta Delgada, São Jorge e o Caniçal. Sem deixar de passar pela Ponta de São Lourenço.

À noite aproveitamos para visitar o Lido, que foi a zona onde pernoitamos.

Dia 3 – Terça-Feira

Neste terceiro dia o objectivo era conhecer o Centro Histórico do Funchal, o famoso Mercado dos Lavradores e ir até ao Monte.

Para chegar ao Monte optamos pelo Teleférico do Monte, que estava cheio de turistas.

Antes da subida ao Monte, aquando a compra do bilhete optamos por ir ao jardim tropical do Monte Palace.

Trata-se de um bonito jardim, parcialmente um jardim japonês, e com um belo lago.

No final temos direito a um copo de vinho da madeira no bar do jardim.

Depois do jardim descemos até ao centro histórico, para almoçar, já bastante esfomeados.

Daqui seguimos até Ponta do Garajau, Santa Cruz e Machico

Dia 4 – Quarta-Feira

No ultimo dia optamos por ir visitar o Jardim Botânico da Madeira, estávamos com algum receio porque lemos que o jardim estava um pouco destruído, mas não era verdade. O Jardim é fantástico.

Chegamos até ao jardim de carro mas podem ir de Teleférico do Rancho

No fim da viagem passamos novamente na Câmara dos Lobos para nos despedirmos com uma bela espetada Madeirense.

 

Veja também:

Preparação da Viagem

Residencial Monumental

O Que Comer e Onde Comer

Alugar Carro

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *