Barcelona – Dia 4 – Parc de la Ciutadella e Arco do triunfo

Cascata do Parc de la Ciutadella

Da Vila Olimpica seguimos para o Parc de la Ciutadella.
Não aconselho ir pelo mesmo caminho que fiz para o parque, pois a entrada do parque fica longe e acaba por dar a volta ao parque por fora.
O caminho que fiz tem 1.1Km e demora cerca de 15min a fazer e não tem  nada de interessante para ver.

Caminho que fiz até Parc de la Ciutadella

Se quiser fazer um roteiro parecido opte pelo transporte publico. Tem a estação de metro Ciutadella/Vila Olimpica ou Tram (pode usar o T10), recomendo o Tram a viagem é mais rápida (paragem seguinte – Wellinton) e não precisa de trocar.

Tram na estação Ciutadella/Vila Olimpica

Finalmente a entrada do Parc de la Ciutadella. Neste parque estão o Jardim zoologico de Barcelona, o Museu Zoológico e o Museu de Geologia.

Entrada do Parc de la Ciutadella

O parque da Ciutadella é um optimo local para descansar ou fazer um piquenique.

A atração principal do Parque é a cascata, é lindíssima, adoro os pormenores dourados.
Estão sempre imensas pessoas a quer tirar fotos com a cascata no fundo, como é visível na primeira foto.

Dica: ir cedo, de forma aproveitar com menos calor e pessoas o parque.

Este parque tem imensos espaços verdes, esta cascata e um lago muito giro com árvores dentro de água e barquinhos (para dar uma volta) e um mamute.

Mamute e lago

Daqui seguimos para o arco do triunfo, que fica mesmo ao lado do parque.

Uma particularidade do Arco do Triunfo de Barcelona é que não foi mandado construir após uma vitoria numa batalha mas sim para a exposição mundial de 1888, era a porta de acesso à exposição e  foi projectado pelo  arquitecto Josep Vilaseca.

Pátio do Museu Picasso

Daqui seguimos para o bairro gótico, onde passamos pelo Museu Picasso (a entrada custa 11€, pode usar o ArticketBCN).
Apesar de gostarmos de Picasso decidimos não visitar o museu, as peças em exposição são quase todas do período Azul  (1901–1904, primeira fase das obras do pintor) e não esta lá nenhuma das obras mais importantes.

Santa Maria del Pi

De seguida fomos visitar a igreja de Santa Maria del Pi, que fica situada na plaça del pi, um óptimo local para comer tapas.
Na altura que fomos havia uma feira no exterior com produtos artesanais, em especial mel e queijo.

Interior da Igreja de Santa Maria del Pi

Daqui fomos até a Igreja de Santa Maria del Mar.

Santa Maria del Mar

No exterior havia um espectáculo de dança, não sei se havia algum motivo em particular ou se eram apenas artistas de rua.

O espectáculo de dança

Aqui também é um bom lugar para tapas.

Pormenor do altar

E de seguida fomos para o hostal, estavamos supercansados.
Apanhamos a L4 em Barceloneta, tivemos de trocar de linha no Passeig de Gràcia para a L3, desta vez saímos na estação da Tarragona para visitar a escultura da mulher pássaro de Miró, que se encontra no Parc de Joan Miró, mesmo ao lado do nosso hostal.

Mulher pássaro Miró

E assim terminou a nossa viagem à Barcelona.
No dia seguinte fomos novamente para Estação de Sants onde apanhamos o comboio para o Aeroporto El plat, utilizamos as nossas ultimas viagens do T10.
Para ir de Sants ao Aeroporto é necessário verificar nos ecrans na entrada, em qual das plataformas vai passar o comboio e depois deve-se ter atenção, pois estão sempre a passar comboios.
A viagem é tranquila, rápida (19 min) e barata (0,945€ com T10), recomendo!

2 Responses

Deixar uma resposta